Pequim e o Império do meio

Destino exótico por excelência para qualquer brasileiro, a China, ou República Popular da China, recebe hoje muitos turistas que vieram para descobrir sua cultura milenar. A capital, Pequim, oferece um bom panorama da China moderna, sem deixar de conservar os rastros do seu passado imperial. Na verdade, em uma viagem para a China, é quase impossível ter uma visão global, de tanto que o território deste país é vasto e diversificado. Estamos falando de uma área de cerca de 10 milhões de quilômetros quadrados! Mesmo assim, é possível considerar duas regiões distintas: por um lado, o Norte e o Oeste; por outro, o Sul e o Leste. O lado Norte e Oeste são formados por montanhas e desertos e têm um clima continental. Esta parte da China é menos povoada. Já no Sul e no Leste, os territórios são mais úmidos; neles estão o principal das culturas e dos habitantes. Pequim, no Nordeste do país, constitui uma primeira etapa para descobrir a China. Pesquise as ofertas de passagens aéreas Rio de Janeiro-Pequim com a Air France.

O que ver em Pequim?

Com mais de 20 milhões de habitantes, Pequim é uma das cidades mais povoadas do mundo, além de ser o centro econômico da China. Bem distante do período do comunismo, a cidade se modernizou bastante e está em constante evolução. Mas Pequim conserva um patrimônio cultural e arquitetural importante, que é preciso visitar.

A Cidade proibida
Também chamada de Cidade púrpura, este vasto complexo era o centro do Império chinês e a antiga morada dos diversos soberanos da China. Ela foi construída a partir de 1407 e soma cerca de 9.000 quartos e salões. A cidade imperial é composta por duas partes: uma pública, chamada de "Corte externa" onde ocorriam as cerimonias e eventos públicos. A outra é a "Corte interna" que, em contrapartida, era o espaço privado do imperador e incluía os apartamentos dos membros da família imperial. A parte externa dos prédios, bem como o museu, podem ser visitados.

A praça Tian'Anmen
A partir da Cidade proibida, é possível acessar à praça pela Porta da Paz Celestial. É a terceira maior praça do mundo, com mais de 40 hectares de extensão. Ela foi o palco de muitos acontecimentos políticos na China, indo desde a proclamação da República Popular da China por Mao, até as manifestações de 1989. Perto da praça se encontra o mausoléu do presidente Mao, o monumento aos Heróis do povo e a Ópera de Pequim.

O bairro de Xicheng:
Situado no norte da Cidade proibida, é o bairro típico da velha Pequim. É ali que se pode visitar o parque Beihai, os lagos Qianhai, Houhai e Xihai. É possível visitar velhas moradias tradicionais de Pequim. Igualmente imperdíveis são a torre do Tambor e o hutong, avenida tradicional do centro histórico.

Você vai se perder nesta cidade rica e fascinante. Você tem que prever pelo menos 3 dias se deseja visitar os pontos mais emblemáticos de Pequim. Igualmente imperdível: o templo do céu, o palácio de Verão da imperatriz Cixi, bem como a inevitável grande muralha.

A cultura chinesa

A civilização chinesa é uma das mais antigas e refinadas do mundo. É fácil percebê-la através da culinária desse país, que coleciona pratos e variações sem fim. Em Pequim, você pode degustar pratos tradicionais da região, marcados pelas tradições do norte. É possível saborear, claro, o famoso pato laqueado. Mas a culinária pequinesa revela inúmeras outras riquezas em sabores típicos da Pequim antiga: fondue de cordeiro shuanyangrou ou chaogeda, petiscos de massa frita acompanhados de legumes e carnes. Muitos restaurantes tradicionais estão distribuídos por toda a cidade.

Pequim prática

São 11 horas de fuso horário entre o horário de Brasília e Pequim. Em função da imensa extensão do seu território, o clima na China pode variar de uma região para a outra. Para viajar para Pequim, é preferível sair durante a primavera e o outono, quando as temperaturas são mais brandas. Cuidado, na China, a água da torneira não é potável. Prefira consumir chá e cerveja, que são as bebidas mais consumidas na China. Antes de viajar , verifique que suas vacinas estão dentro da validade e siga os conselhos do seu médico.

Mais informações sobre Pequim