Museu do Taiti e das Ilhas, uma viagem no tempo

museu
Museu do Taiti e das Ilhas, uma viagem no tempo

O "Te Fare Manaha" constitui um preâmbulo para a exploração do Taiti e de suas vizinhas, às vezes distantes, para melhor compreender e apreciar a cultura polinésia.

A localização deste museu histórico e etnográfico não se deve ao acaso. Antigamente aqui ficava, na beira da laguna, um imponente marae, local sagrado dos Ma'ohi, ancestrais dos taitianos. Entre as peças arqueológicas ou as coleções de patrimônios natural e cultural, os visitantes abraçam as tradições polinésias, conhecem os tikis – esculturas antropomórficas-, e as canoas antigas expostas na frente do museu.

Na parte exterior, você não pode deixar de passear pelo parque, conservatório de plantas nativas estendido em quase cinco hectares. Algumas espécies estão em vias de desaparição, mas todas têm um significado e um uso específico nos rituais. Seus nomes evocam os mistérios da natureza: amoreira de papel, kava ou Piper methysticum, banyans ‘ora ou Ficus prolixa, plantas típicas das Marquesas. Jacques Brel amava cantar sobre este lugar inspirador: "E passar pelos coqueiros que escrevem cantos de amor…"

Musée de Tahiti et des Îles
Pointe des pêcheurs
Nu'uroa, Punaauia
98718 Tamanu
Tahiti

Fone: +689 54 84 35

http://www.museetahiti.pf/?lang=en