O Panteão, obra de arte da engenharia antiga

patrimônio imperdível
O Panteão, obra de arte da engenharia antiga

O Panteão se ergue sobre o Campo de Marte. Difícil de acreditar que ele continua firme depois de mais de 2.000 anos.

Literalmente "templo de todos os deuses", o Panteão atravessou os milênios. Construído por Agrippa em 27 a.C, depois reconstruído e ampliado por Adriano no ano 118 da nossa era, talvez ele tenha algumas rugas, tenha perdido um pouco do brilho à medida que as telhas de bronze que recobrem sua cúpula foram saqueadas em favor do lucro, principalmente, durante a construção da basílica de São Pedro? Talvez seus nichos estejam vazios de suas estátuas que representavam os deuses originalmente venerados? O que importa é que ele continua imperturbável e gigante, um dos mais lindos monumentos da Roma Antiga, símbolo do savoir-faire virtuoso de uma civilização.
Você vai se sentir minúsculo sob a abóbada celestial que forma a cúpula de caixões de cinco fileiras, cujas proporções (altura equivalente ao seu diâmetro), há muito inigualáveis, inspiraram o próprio Michelangelo. O óculo que o atravessa deixa passar um feixe de luz quase divino, que forma um halo interior em um brilho místico. E, quem sabe, deixa os visitantes sem palavras.

Panteão
Piazza della Rotonda
00186 Roma

Fone : +39 06 6830 0230