Istambul, a cidade das cidades.

Bizâncio ou Constantinopla, Istambul é uma cidade milenar, marco da história das civilizações cristã e otomana. Durante 2000 anos, ela foi o palco de grandes momentos históricos que tiveram impacto sobre a Europa e a bacia do Mediterrâneo.
Istambul ocupa uma posição estratégica na península do Bósforo, entre os Balcãs e a Anatólia. Ela está também cravada entre dois continentes: a Europa e a Ásia. É, por fim, uma das maiores megalópoles do mundo, com mais de 13 milhões de habitantes.
Capital até 1923, Istambul continua sendo o centro econômico e cultural da Turquia atual. A parte antiga de Istambul, incluindo-se o Sultanahmet, é tombada no Patrimônio Mundial da Unesco. Com a Air France, conheça uma das cidades mais bonitas do mundo. Nossa companhia aérea oferece voos diários saindo das principais capitais brasileiras para a antiga Constantinopla.

Istambul, entre cristandade e império otomano

Na antiga Istambul, o visitante pode descobrir alguns vestígios maravilhosos, marcos dos séculos de história da cidade. O Sultanahmet está entre os pontos históricos mais visitados. Nos antigos bairros de Istambul, destacam-se monumentos importantes:

  • A Basílica Santa-Sofia: concluída durante o império bizantino em 537, a basílica foi transformada em mesquita após a queda de Constantinopla em 1453, quando foi tomada pelos Otomanos. Quatro minaretes foram acrescentados à basílica. Ainda é possível encontrar os mosaicos dourados típicos da arte bizantina.
  • A Cisterna da Basílica: criada em 530 D.C., este prédio surpreendente e gigantesco garantia o abastecimento de água do palácio imperial. A cisterna foi construída debaixo de terra e possui uma capacidade de 78.000 m3.
  • A Mesquita azul: ela tira seu nome da cor dos mosaicos que ornamentam a parte interna desse prédio. A mesquita azul ou Sultanahmet Camii é a única mesquita no mundo a ser rodeada por 6 minaretes. É um prédio recente, cuja construção monta ao século XVII. Sua arquitetura é inspirada tanto dos códigos da arte bizantina quanto dos prédios otomanos.
  • O palácio de Topkapı: prédio de origem otomana, esse palácio substituiu a Acrópole de Bizâncio. Circundado por 5 quilômetros de muralhas, o palácio domina o Corno de Ouro, estuário que vai até o Bósforo e o mar de Marmara.

Outros monumentos menos famosos merecem também uma visita, tais como a mesquita de Solimão o Magnífico ou a Pequena Santa Sofia.

As margens do Bósforo, que podem ser admiradas em cruzeiros, também estão repletas de prédios suntuosos, tais como o palácio de Dolmabahçe ou o palácio de Beylerbeyi.

Istambul conta importantes museus arqueológicos.
Para dar uma pausa e descontrair, visite o Grande Bazar e suas 4000 lojas. Por si só, as galerias já valem a pena. O bazar egípcio, também chamado de Bazar das Especiarias, é ideal para encontrar lembranças de sua viagem para Istambul

Istambul hoje

Hoje, Istambul é uma cidade jovem e moderna. A vida noturna se concentra mais especificamente em torno do İstiklâl Caddesi, uma grande rua pedestre que termina na praça Taksim. Se você quer sair, uma visita à Istambul moderna é recomendável.

A cozinha turca é especialmente saborosa. Há vários tipos de restaurantes em Istambul. Além dos restaurantes que servem pratos tradicionais turcos e internacionais, encontramos os Ocakbaşı especializados em espetos de carnes e grelhados cozidos na frente dos visitantes. Como na Grécia, a cozinha turca se compõe de meze, petiscos que são saboreados juntos: pepino com iogurte, húmus, salgadinhos, etc. A cozinha turca possui uma importante variedade de pratos e meze que fazem o prazer do paladar. Descubra tudo isso durante uma viagem para Istambul . O melhor período para ir à Turquia vai de abril até outubro. O clima de Istambul é um clima mediterrâneo, com invernos frios e chuvosos e verões quentes e ensolarados.

Mais informações sobre Istambul