Madri, entre cultura e descontração

Famosa pela sua equipe de futebol, o interesse turístico de Madri é igualmente inquestionável. Muitas vezes subvalorizada em função da capital da Catalunha, Barcelona, Madri mudou consideravelmente nestes últimos anos e se abriu para o turismo. Com mais de 3 milhões de habitantes, é a cidade mais populosa da Espanha. É também a capital cultural, por estar repleta de uma quantidade considerável de museus e prédios históricos.
Passe uma semana ou mais sentindo a atmosfera de Madri. Sol, tapas e passeios, a programação já está prontinha. Isso se você não for querer desfrutar a vida noturna madrilena.
Venha descobrir a Espanha e sua capital com a Air France. Nossa companhia aérea oferece voos diários com saída de Brasília, Rio de Janeiro ou São Paulo. O site costuma oferecer promoções e combinações voo mais hospedagem com preços vantajosos.

A vida cultural de Madri

Se você tiver poucos dias para visitar Madri, não deixe de visitar os pontos e monumentos desta lista não-exaustiva:

A Puerta del Sol: ponto emblemático de Madri, é o centro nevrálgico da cidade. Ela constitui o marco zero das rodovias da Espanha e, hoje, é um ponto de encontro e de concentrações populares.

Teatro e Palácio Real: O Teatro Real é uma das melhores óperas da Europa, com sua acústica incomparável. Um pouco mais adiante, atravessando a plaza de Oriente, é possível admirar o Palácio Real de Madri, a residência oficial do rei de Espanha, que domina os jardins de Sabatini.

A catedral de Nossa Senhora de Almudena: Ao lado do palácio real está a catedral da Almudena, concluída em 1984. É o mais recente dos edifícios religiosos da capital. Sua particularidade consiste em ser construída em três estilos diferentes. Sua fachada é neoclássica, a parte interna é neogótica e a cripta possui um estilo neorromânico.

Praça Mayor: Assim como a Puerta del Sol, a Plaza Mayor de Madri é um dos centros da vida madrilena.

O Arco de Cuchilleros: O Arco de Cuchilleros é uma passagem famosíssima que conecta a Plaza Mayor à cava de San Miguel.

Parque do Retiro: o parque do Retiro é o local ideal para fazer uma pausa ao ar livre. Ocupando mais de cem hectares, e permite admirar o Palácio de Cristal e tomar o passeio das estátuas, que representam soberanos do reinado espanhol.

Se você tiver tempo, dê uma volta por Aranjuez, cidade tombada no Patrimônio Mundial da Unesco. Assim, você poderá visitar o magnífico palácio real.

Madri e seus museus

Madri conta muitos museus; alguns recebem milhões de visitantes por ano. Em particular, é o caso do museu do Prado, um dos maiores estabelecimentos, que coleciona obras de artes visuais. Neste museu, é possível descobrir ou redescobrir boa parte dos pintores europeus, cujas obras são provenientes das coleções dos Habsburgo e dos Bourbons.

Se você quiser visitar ver exposições gratuitas, dirija-se ao Caixa Forum. Por sua vez, o Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia apresenta obras espanholas do século XX. É o lugar certo para contemplar Guernica de Picasso, bem como obras de Buñuel, Dalí ou Miró.
Por fim, no Museu Thyssen-Bornemisza você poderá conhecer uma importante coleção de pinturas dos séculos XVI até XVIII.

A vida madrilena

Madri é uma cidade muito animada. Há muitos lugares para ir comer, sair e se divertir. Entre os incontornáveis, vale mencionar os restaurantes da Praça de Santa Ana e a vida noturna da rua Huertas. O bairro La Latina se presta também perfeitamente para tomar um aperitivo e saborear algumas tapas. Se você quiser fazer compras, é bem fácil encontrar algumas lembranças no centro da cidade.
Por fim, se você for fã de comédias musicais, não esqueça de dar uma volta na Gran Via, a Broadway madrilena.

Mais informações sobre Madri